Os 12 Remédios Caseiros Para Coceira Vaginal!

Os Remédios Caseiros Para Coceira Vaginal que você precisa conhecer. Além disso, a coceira vaginal é um dos problemas mais comuns que as mulheres sofrem! A coceira vaginal ou genital, pode ser bastante incomodativa e constrangedor quando não consegue controlar a coceira e está em locais públicos, como por exemplo no trabalho, no shopping, na rua, etc… Por ser uma situação embaraçosa e causar vergonha para a mulher, deve ser visto com alguma seriedade.

Remédios Caseiros Para Coceira VaginalO prurido genital pode ter diversas causas. A mais comum é uma infeção, ferimento ou irritação da vagina devido a produtos químicos, roupa interior, almofadas ou até mesmo menstruação. O uso de roupas apertadas não é muito aconselhado, porque pode causar essa mesma coceira. A falta de higiene logo após as relações amorosas também pode causar coceira. Quando a irritação persiste, pode começar a sentir dor.

Quando a coceira se torna persistente e incomodativa, o melhor é procurar ajudas e formas de acabar com ela. Antes de recorrer aos medicamentos, pode sempre experimentar remédios caseiros contra a coceira vaginal, que também são bastante eficazes para eliminar o problema.

Principais Causas da Coceira Vaginal:

Vaginose Bacteriana: é uma infecção causada por excesso de bactérias na vagina. A transmissão se dá tanto pelo contato íntimo, quanto pela relação sexual. Ela também é considerada a segunda causa de candidíase. O corrimento tem um odor desagradável e forte.

Doença Sexualmente Transmissível (DST): doenças sexualmente transmissíveis ou DSTs são doenças transmitidas geralmente, através da relação sexual, sem preservativo.

Infecção Vaginal por Fungos (candidíase vaginal): candidíase é uma infecção fúngica que pode afetar áreas como a pele, órgãos genitais, garganta, boca, e sangue. É causada pelo crescimento excessivo de um tipo de fungo denominado Candida, usualmente Candida albicans.
Este fungo é normalmente encontrado em pequenas quantidades no corpo humano.

Menopausa: no período da Menopausa muitas mulheres desenvolvem sintomas limitantes decorrentes da redução na produção dos hormônios femininos.Devido a falta de estrogênio, as paredes da vagina ficam sem lubrificação e provocam a coceira na vagina.

Alergia: causada por substâncias químicas utilizadas por meio de sabonetes, cremes, papel higiênico, preservativo, amaciante.

Nossa primeira ação ao surgir à coceira vaginal é levar a mão para coçar, mas não faça isso em hipótese alguma. Lembrando que seu médico deverá ser procurado para maiores esclarecimentos. Agora, confira Os 12 Remédios Caseiros Para Coceira Vaginal:

1. Remédios Caseiros Para Coceira Vaginal com Vinagre de Maçã:

Remédios Caseiros Para Coceira Vaginal

O vinagre de maçã é um potente remédio caseiro por possuir as conhecidas propriedades contra bactérias e fungos. O uso deste vinagre vai ajudar a remover a coceira por completo, se a sua origem for uma infeção com fungos ou bactérias. Para usar o vinagre de maçã, tome 2 colheres de sopa por dia, misturada em água morna.

Lavar as suas partes íntimas com este vinagre também pode ajudar. Basta fazê-lo duas vezes por dia durante 2-3 dias. Este método é bastante eficaz contra este problema, eliminando as bactérias.

2. Remédios Caseiros Para Coceira Vaginal com Compressa Fria:

O incómodo que causa à noite é bastante doloroso, por isso, a aplicação de frio na região genital pode ajudar a acalmar a coceira. Basta aplicar cubos de gelo envoltos num pano ou numa toalha, diretamente na área genital.

Se o incómodo causado pela coceira for muito agressivo, então pode usar essas compressas frias a qualquer hora do dia. Mas pelo menos, ao aplicar de noite, vai conseguir dormir melhor.

3. Remédios Caseiros Para Coceira Vaginal de Banho com Sal:

O sal, devido às suas propriedades antibacterianas, consegue remover as bactérias e assim diminuir a coceira. Lave a área genital com água com excesso de sal sempre que sentir coceira. Vai sentir um alívio instantâneo e irá evitar uma multiplicação de bactérias.

Se quiser, também pode tomar um banho com água quente salgada. Basta encher a sua banheira com água quente e colocar meio copo de sal. Sente-se nessa água numa posição em que a água tape toda a região vaginal. Enquanto está dentro de água, ajude com a sua mão para que a água passe por toda a área (inclusive por dentro).

4. Remédios Caseiros Para Coceira Vaginal com Alho:

Este é muito conhecido no mundo dos remédios naturais! Um extremamente potente antibacteriano que pode remover por completo e instantaneamente a coceira. A desvantagem será o mau cheiro de Alho que vai ficar… Ainda assim, se a coceira for muito intensa, não custa nada tentar esta alternativa!

Esmague 2-3 dentes de Alho e misture com saliva para fazer uma pasta. Aplique essa pasta na região genital afetada. O cheiro pode ser bastante desagradável, mas a sensação de alívio vai ser uma maravilha!

5. Remédios Caseiros Para Coceira Vaginal com Iogurte:

As bactérias ruins presentes na vagina, podem estar a causar toda a coceira sentida. O Iogurte puro possui culturas de bactérias ativas que podem remover as bactérias ruins da vagina. Para tratar este problema tome 1 xícara de Iogurte natural, sem açúcar, todos os dias. Se for Iogurte caseiro feito com leite de cabra ou ovelha, é um remédio natural ainda melhor para o tratamento da coceira nas partes íntimas.

Outra forma de usar o Iogurte, é aplica-lo diretamente na área afetada. Desta forma irá aliviar a coceira e com a continuação vai conseguir remover por completo este incômodo! Pode usar um tampão para fazer isso.

Molhe o tampão no Iogurte, coloque-o, e deixe-o durante algumas horas. Também pode congelar o Iogurte antes de o introduzir, assim ficará muito mais fresco, e ao mesmo tempo que está tratando o problema, está aliviando a coceira através do frio.

6. Remédios Caseiros Para Coceira Vaginal com Manjericão:

Remédios Caseiros Para Coceira Vaginal

As folhas de Manjericão são antimicrobianas e antibacterianas. Coloque em 500 ml de água para ferver, durante cerca de 20 minutos com uma mão cheia de folhas de Manjericão. Beba esta infusão 2 vezes por dia para o tratamento da coceira vaginal.

7. Remédios Caseiros Para Coceira Vaginal com Alecrim:

Coloque o alecrim em água a ferver durante cerca de 15 minutos. Depois desse tempo, deixe arrefecer. Use essa água para lavar as suas partes íntimas e vai sentir uma diferença boa num instante.

8. Remédios Caseiros Para Coceira Vaginal com Óleo da Árvore do Chá:

O óleo da árvore do chá tem poderosas propriedades antibacterianas. Utiliza-se um tampão umedecido com óleo da árvore do chá. Em primeiro lugar, adicione a parte superior do tampão algum lubrificante, em seguida, adicione algumas gotas de óleo da árvore do chá sobre ele, e em seguida, insira o tampão na vagina.

O lubrificante evita que o óleo da árvore do chá se infiltre no tampão. Para maior comodidade, você pode querer comprar pessários do óleo da árvore do chá já preparados. Adicionar de 10-12 gotas de óleo da árvore do chá a um banho quente também é uma boa maneira de aliviar os sintomas da vaginose bacteriana.

9. Remédios Caseiros Para Coceira Vaginal com Aloe Vera:

Suco de aloe vera (extraído do gel de aloe vera) tem sido usado para tratar lesões menores da pele, como queimaduras leves, queimaduras de sol, erupções cutâneas e picadas de insetos. Graças às suas propriedades calmantes e de refrigeração. Também se acredita que contém propriedades anti-inflamatórias que contribuem para seus efeitos de cura.

Você pode tentar aplicar o suco fresco de aloe vera sobre a área afetada, mas cuidado com as reações alérgicas. Deixe imediatamente de usar o suco de aloe vera, se aparecer uma erupção cutânea após a aplicação.

10. Remédios Caseiros Para Coceira Vaginal com Bicarbonato de Sódio:

O bicarbonato de sódio é um excelente medicamento que todos temos em casa, sendo um dos mais baratos e eficientes que podemos usar para cura de diversos males.

Misture 3 colheres (sopa) de bicarbonato de sódio em 1 litro de água. Use essa mistura para fazer aplicação na área afetada 2 vezes ao dia, até que desapareçam os sintomas.

11. Remédios Caseiros Para Coceira Vaginal com Chá de Ervas:

Ingredientes:

  • 375 ml de água
  • 2 colheres (de chá) de tomilho seco.
  • 1 colher (de chá) de alecrim seco.
  • 1 colher (de chá) de sálvia seca.

Modo de Preparo:

  • Ferva a água, adicione as ervas e deixe descansar tampado por, aproximadamente, 20 minutos.
  • Coe esta infusão e utilize-a como solução de limpeza da região íntima 2 vezes por dia.

12. Remédios Caseiros Para Coceira Vaginal com Chá de Uva Ursina:

Remédios Caseiros Para Coceira Vaginal

Ingredientes:

  • 1 xícara de água fervente.
  • 2 colheres (de chá) de folhas secas de uva ursina.

​​Modo de Preparo:

  • Adicionar a erva à água fervente e deixar em repouso, devidamente tapado, por cerca de 10 minutos.
  • Tomar de 3 a 4 vezes ao dia.
  • Para o banho de assento é aconselhado utilizar 4 colheres (de chá) de folhas secas de uva-ursina para 1 litro de água.
  • Depois de morno e coado, colocar numa bacia e permanecer sentado nesta água por cerca de 20 minutos.

Dicas Simples Para Evitar e Aliviar a Coceira Vaginal:

Existem 2 situações fundamentais para prevenir a coceira vaginal e até para aliviar a coceira que tem durante o dia a dia.

Mantenha a Área Íntima Sempre Seca: Ambientes úmidos com água e suor, são excelentes para a proliferação de bactérias. Se manter essa região mal limpa, está contribuindo para o aparecimento de infeções e outros problemas. Certifique-se de que limpa a região bem, sempre que sai do banho.

Vista Roupas Largas: Se sofre com coceira nas partes íntimas, então esta dica vale ouro para evitar esse problema! Roupas largas ajuda a manter a região ventilada e seca. Tenha preferência por roupas de interior largas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

VOCÊ PRECISA VER ISSO:

INFORMAÇÃO DO AUTOR: Wanessa Matos

Drª. Wanessa Matos
Dermatologista formou-se em Medicina na Unicamp e na mesma instituição realizou sua residência em Dermatologia, obtendo o título de especialista. Atua nas áreas de dermatologia clínica, cirúrgica e estética. Além disso, é sócio titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, com registro no Conselho Regional de Medicina e Associação Médica Brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *